top of page
  • Foto do escritorCliniprev

Doenças do coração: conheça as doenças mais comuns e como tratá-las

Na última semana celebramos o Dia do Cardiologista, este profissional atua na prevenção e cuidado de doenças do coração. Vale lembrar que, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, diariamente 1.100 pessoas morrem de doenças derivadas do coração, totalizando mais de 400 mil mortes ao ano. No post de hoje, elaboramos um texto detalhado sobre as principais doenças e seus cuidados.


Ao contrário do que se acredita, doenças como câncer e problemas renais não ocupam o ranking de doenças que mais causam morte no mundo. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), quem ocupa o primeiro lugar é a doença isquêmica do coração, também conhecida como doença coronariana, resultado da obstrução das artérias coronárias do paciente.

Quer saber mais sobre essa doença e outras condições que afetam o coração? Continue lendo!


Médico cardiologista segurando um coração de borracha, indicando doenças cardíacas


Principais doenças


Doença coronariana

Também conhecida como DAC, a sua principal causa é o acúmulo de placas nas artérias. Isso faz com que elas fiquem ainda mais estreitas, limitando o fluxo do coração. Ela costuma apresentar sintomas como:

  • Dores no peito;

  • Dor na região subesternal;

  • Sensação de queimação.

Entre os tratamentos podemos citar as mudanças no estilo de vida, adotando hábitos mais saudáveis, medicamentos indicados por um profissional, angioplastia e até mesmo cirurgia.


Hipertensão arterial


A doença conhecida popularmente como pressão alta, é uma doença crônica que atinge cerca de 25% da população brasileira. Além disso, a doença é vista como a grande origem das demais doenças cardíacas, é uma doença silenciosa, que apresenta sintomas que podem se confundir com os sintomas de outras complicações, sendo eles:

  • Dor no peito;

  • Dor de cabeça;

  • Tontura;

  • Visão embaçada;

  • Fraqueza.

A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento, podendo ser controlada de diversas formas, como mudança de hábitos, medicação correta, exercícios físicos e tratamento indicado pelo cardiologista.


Doença cerebrovascular


Conhecida como AVC – Acidente Vascular Cerebral – a doença é decorrente da alteração do fluxo de sangue ao cérebro. Podendo se originar da obstrução de um vaso sanguíneo, conhecido como Acidente Vascular Isquêmico ou, pode gerar a ruptura do vaso, conhecido como Acidente Vascular Hemorrágico. Os sintomas do AVC são:

  • Fraqueza ou formigamento no rosto, pernas e braços;

  • Confusão mental;

  • Alteração na fala;

  • Dor de cabeça intensa e sem causa aparente.

O tratamento para o AVC pode variar, indo da desobstrução do vaso para facilitar o fluxo, até a injeção de medicamento para retirar o coágulo que entope a circulação.


Cardiopatia congênita


Esta doença é conhecida como uma anormalidade, seja na estrutura ou no funcionamento do coração, geralmente o seu surgimento acontece no início da gestação, ainda na fase de formação do coração.

Os sintomas podem variar, a depender da idade da criança e do tipo de cardiopatia. Em crianças recém-nascidas os sintomas podem ser:

  • Cianose (coloração roxa na ponta dos dedos ou nos lábios);

  • Suor excessivo;

  • Palidez;

  • Respiração curta;

  • Baixo peso.

Já em crianças maiores, os sintomas podem ser diferentes, sendo eles:

  • Coração acelerado;

  • Boca roxa;

  • Dificuldade respiratória;

  • Baixo peso.

O tratamento pode variar conforme a cardiopatia, muitas das vezes ela pode ser curada pelo próprio organismo com o passar do tempo, no entanto, em casos mais graves é preciso realizar tratamento com medicamentos, correção por cateterismo ou cirurgia.


O cuidado é o fator principal


O coração é conhecido como um dos órgãos mais importantes do nosso corpo, aqui na Cliniprev nossos profissionais sabem da importância de oferecer o direcionamento ideal para questões tão importantes e que garantem o bom funcionamento do nosso corpo, promovendo mais qualidade de vida.


Você pode agendar o seu atendimento com um profissional de cardiologia e saber como anda a saúde do seu coração.



Comments


bottom of page