top of page
  • Foto do escritorCliniprev

8 de abril: Dia Mundial de Combate ao Câncer

O dia 8 de abril marca o Dia Mundial de Combate ao Câncer, uma data pensada para conscientizar a população sobre essa doença que impacta milhões de vidas em todo o mundo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer é uma das principais causas de morte, responsável por mais de 10 milhões de óbitos anualmente. 


Mas a boa notícia é que muitos casos de câncer podem ser prevenidos com medidas simples e hábitos saudáveis. A seguir, aprofundaremos nosso conhecimento sobre o câncer, explorando suas causas, formas de prevenção e a importância da detecção precoce. 


Fitinhas coloridas simbolizando tipos de cânceres

Principais causas do câncer 


O câncer é uma doença multifatorial, ou seja, seu desenvolvimento é influenciado por diversos fatores, tanto genéticos quanto ambientais. Entre as principais causas, podemos destacar: 


Herança familiar: Ter familiares com histórico de câncer, especialmente de primeiro grau, aumenta o risco de desenvolver a doença. É importante conhecer o histórico médico da família e estar atento a qualquer predisposição genética. 


Mutações genéticas: Exposição a substâncias químicas ou radiação, assim como predisposição hereditária, podem levar a mutações genéticas que aumentam o risco de câncer. Realizar exames genéticos e tomar precauções adequadas é fundamental para quem possui predisposição a certos tipos da doença. 


Dieta inadequada: Uma alimentação rica em gorduras saturadas, açúcares refinados e alimentos ultraprocessados contribui para o aumento do risco de câncer. Por outro lado, uma dieta equilibrada, rica em frutas, vegetais e grãos integrais, atua como um importante aliado na prevenção. 


Doenças infecciosas: Algumas infecções virais, como o HPV, estão associadas a um maior risco de desenvolvimento de certos tipos de câncer, como o câncer de colo de útero. Manter-se atualizado com as vacinas disponíveis e adotar práticas saudáveis de prevenção é essencial. 


Tabagismo e consumo de álcool: O tabagismo e o consumo excessivo de álcool são dois dos principais fatores de risco evitáveis para o câncer. Parar de fumar e moderar o consumo de bebidas alcoólicas são medidas cruciais para reduzir significativamente o risco de desenvolver a doença, especialmente de pulmão, boca, garganta, fígado e pâncreas. 


Prevenção 


Embora o câncer seja uma doença complexa, a adoção de medidas preventivas pode reduzir significativamente o risco de desenvolvê-la. Além de evitar os fatores de risco mencionados anteriormente, a prevenção do câncer também envolve: 


Conscientização: A educação sobre o câncer, seus sinais e sintomas, é fundamental para a prevenção e detecção precoce. É importante estar atento às mudanças no corpo e procurar um médico ao notar qualquer sintoma suspeito. 


Exames preventivos: A realização regular de exames preventivos, como mamografia, papanicolau, colonoscopia e exame de próstata, permite a detecção precoce do câncer, quando as chances de cura são maiores. É importante seguir as recomendações médicas quanto à frequência dos exames, especialmente para pessoas com histórico familiar ou que apresentam fatores de risco para o câncer. 


Vacinação: Vacinas contra doenças como HPV e hepatite B podem ajudar a prevenir o desenvolvimento de certos tipos de câncer. É importante manter-se atualizado com o calendário vacinal e verificar se está em dia com as vacinas recomendadas. 


Estilo de vida saudável: Adotar um estilo de vida saudável, com uma dieta balanceada, prática regular de atividade física e manutenção de um peso adequado, contribui para a redução do risco de desenvolver diversos tipos de câncer. 


Detecção precoce 


A detecção precoce do câncer é a chave para o sucesso do tratamento e a cura da doença. Quando o câncer é detectado em estágio inicial, as chances de cura são significativamente maiores. Por isso, é importante que as pessoas realizem os exames preventivos regularmente e estejam atentas a qualquer sintoma suspeito. 


Alguns sinais e sintomas que podem indicar câncer: 


  • Nódulos ou caroços em qualquer parte do corpo 

  • Mudanças na pele, como manchas, feridas que não cicatrizam ou coceira persistente 

  • Sangramento anormal, como sangramento vaginal fora do período menstrual, sangue nas fezes ou na urina 

  • Tosse persistente ou rouquidão 

  • Dificuldade em engolir 

  • Perda de peso inexplicável 

  • Fadiga persistente ou cansaço extremo 

  • Dor persistente em qualquer parte do corpo 


Além da auto-observação, é importante ressaltar a importância de buscar atendimento médico sempre que notar qualquer sintoma que cause preocupação. O diagnóstico precoce possibilita o início do tratamento em um estágio inicial, aumentando as chances de cura e melhorando a qualidade de vida do paciente. 


Neste Dia Mundial de Combate ao Câncer, é importante disseminar a informação, adotar hábitos saudáveis e apoiar a pesquisa, para construir um futuro em que o câncer seja uma doença prevenível, detectável e tratável em todas as situações. 


Conte com a Cliniprev para ficar em dia com suas consultas e exames. Agende uma avaliação. 




Comments


bottom of page